terça-feira, 5 de abril de 2016

Meu amor
O mundo está repleto de covardes
Que chegarão com flores e promessas vazias
Sedutores que não sabem o que significa cuidado
Cuidado!
Na verdade, eles são garotinhos assustados
Quando enxergarem o seu tamanho e profundidade eles se apequenam
Irão espernear e dizer que a culpa é sua
Irão desistir e você já viu isso acontecer muitas vezes
Mas a sua natureza é ser mar
Não se sinta mal por isso
Não é sua culpa
A imensidão não é para todos
É para quem tem coragem
Eles amam as poças de amor
Não se diminua
E quanto a mim
Quero meus dedos e minha alma enrugadas pelo tempo que irei ficar em ti.
P.S: Muitos já desistiram quando viram sua maré alta?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dores que transformam

Bom, em setembro de 2016 foi último post, e tanta coisa aconteceu de lá pra cá e elas estarão presente nas entrelinhas dos meus próximos pos...