quarta-feira, 28 de dezembro de 2011





Enquanto houver você do outro lado, aqui do outro eu consigo me orientar. A cena repete a cena se inverte, enchendo a minha alma daquilo que outrora eu deixei de acreditar.


— O Teatro Mágico

TCHUCO


Foi muito lindo você ter vindo sempre sorrindo, dizendo que não tem de quê. Eu agradeço você ter me virado do avesso e ensinado a viver. Eu reconheço que não tem preço gente que gosta de gente assim feito você.

  1. O coração, meio desenganado, agitou-se outra vez.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Acordar cedo, tirar a poeira da alma, tirar a preguiça dos olhos. Acordar cedo, sair por aí, cantar, esbarrar em alguém, encontrar o amor da minha vida.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011


"Mas talvez, você não entenda
Essa coisa de fazer o mundo acreditar
Que meu amor, não será passageiro
Te amarei de Janeiro á janeiro
Até o mundo acabar."
Nando Reis
Mas acho que a vida é isso mesmo, um dia é bom e o outro é uma porcaria. Não dá pra ser feliz o tempo todo. Por sinal, desconfio de felicidades instantâneas e constantes. Soa meio falso. Gente de carne e osso é alegre e triste. É inconstante. Porque a vida é montanha-russa. E eu adoro andar nela. Por isso vivo sempre na fila do parque

- Porque és tão fechada?
- Experimente gritar teus sentimentos ao mundo, e entenderá porque sou assim.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011


  1. “Repito sempre: sossega, sossega - o amor não é para o teu bico.”