quinta-feira, 4 de outubro de 2012

O discípulo perguntou ao Mestre:
"Mestre, o que é a real felicidade?"
O mestre replicou:
"Quando estiver com fome, coma. Quando estiver cansado, durma."

Um comentário:

  1. Oi, Quelzinha, boa noite!!
    Temos aqui questões bem interessantes. Talvez o mestre quisesse logo se livrar do discípulo, para não se delongar na questão da felicidade. Talvez ele estivesse de mau humor, cansado ou faminto... Por isso, respondeu a primeira coisa que lhe veio na telha.
    Comer e dormir no momento certo seria a felicidade?! Bem, todos os presidiários do mundo comem e dormem na hora certinha...
    Seriam duas das inúmeras necessidade físicas básicas o que todo mundo anseia?! Mas, que tal beber, também?! Ou tomar banho, quando bate aquele calor insuportável?! Isso seria felicidade também?
    Talvez o mestre tenha querido dizer: “faça as coisas quando lhe der vontade”. E isso seria felicidade? Certamente não. Não haveria compromissos no mundo. Só vontades...
    Bem, a indagação iria longe demais. Talvez, por isso, o mestre tenha dito logo a primeira coisa que lhe veio na telha. Felicidade tem a ver com paz de espírito, com discernimento do ser, com comunhão íntima dos seres, com amor, com o senso profundo de participação na felicidade e no destino do mundo... Era muita coisa para falar para o discípulo. Aí, o mestre falou: “você já comeu, rapaz. vá dormir!” O discípulo entendeu: “quando estiver com fome coma; com sono, durma.” E foi contar para os outros que o mestre disse que isso era felicidade...
    Um beijo carinhoso
    Doces sonhos
    Lello
    P.S. - Essa foto está muito mais para felicidade que comer e dormir!!!

    ResponderExcluir

Deus não apenas perdoa, ele esquece. Apaga a Lousa. Destrói as provas. Queima o filme. Formata o computador. Ele não se lembra dos meus erro...