quarta-feira, 6 de maio de 2015

Ser você o coração que tanto precisa!

Se eu soubesse, durante toda a minha vida, o que sei hoje, teria sido um tantinho mais feliz no passado. E em todos os meus relacionamentos, claro. Embora a gente saiba que uma paixão desorienta e desatina até a mais sensata das mulheres, respirar fundo e colocar um tantinho de razão nas nossas ações e reações faz um bem danado. Ao nosso bem estar e ao bem do outro, diga-se de passagem.

Pode parecer egoísmo ou insensatez, mas chega uma hora que a gente percebe que a paz está no silêncio ou no barulho individual de cada um. Próprio. Singular. Na busca por dias melhores a que cada um se propõe. Meio clichê, mas verdadeiro: se eu quero, consigo. Se não quero, arranjo uma desculpa.

É preciso ser inteiro para ser parte de um casal ou de uma turma de amigos. É preciso saber estar bem sozinho para ser feliz acompanhada. É preciso saber o seu papel na vida para não ser coadjuvante na vida alheia. Ser cumplicidade na hora certa, para não sufocar os demais. Ser você o coração que tanto precisa para estar em paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deus não apenas perdoa, ele esquece. Apaga a Lousa. Destrói as provas. Queima o filme. Formata o computador. Ele não se lembra dos meus erro...