domingo, 10 de março de 2013

“Olho para você. Você me pergunta o que há, sempre um pouco vigilante, quando olho para você. Digo que não há nada, que olhava para você por prazer: - Não sei se o amor é um sentimento. Às vezes acho que amar é ver. Ver você."

Um comentário:


  1. A assertiva vale para quem vê tudo fora de foco?

    ResponderExcluir

Dores que transformam

Bom, em setembro de 2016 foi último post, e tanta coisa aconteceu de lá pra cá e elas estarão presente nas entrelinhas dos meus próximos pos...