terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

"QUEM SOU EU PARA FALAR DE AMOR
SE DE TANTO ME ENTREGAR NUNCA FUI MINHA
O AMOR JAMAIS FOI MEU
O AMOR ME CONHECEU
SE ESFREGOU NA MINHA VIDA
E ME DEIXOU ASSIM."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dores que transformam

Bom, em setembro de 2016 foi último post, e tanta coisa aconteceu de lá pra cá e elas estarão presente nas entrelinhas dos meus próximos pos...