terça-feira, 13 de setembro de 2011

Me deixa comigo que eu resolvo...que eu supro minhas faltas, minimizo minhas sobras, corrijo minhas falhas, saro minhas feridas, calo meus gritos, isolo meus feitiços e acabo com minhas dores. Me castigo, me brigo, me bato, me aconselho, me acompanho. Não gosto muito de ser só, mas me basto.


Então, que seja doce

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dores que transformam

Bom, em setembro de 2016 foi último post, e tanta coisa aconteceu de lá pra cá e elas estarão presente nas entrelinhas dos meus próximos pos...