quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Agosto...

E eu inflamava meu ego com doses geladas de cerveja.

não pensava muito e escrevia demais em guardanapos de papel.

essa semana achei um bilhete dentro do livro que não terminara de ler. e devolvi o bilhete pro livro. fechei e esperei o pó tomar conta, amarelar e quem sabe desaparecer com aquelas e tantas outras palavras que me magoaram.

foi difícil rir de outras piadas.



agosto sempre foi um desgosto. mas não é agosto que incomoda, não é agosto que me dói. doía.

agosto agora tem sinônimo de gosto. agora agosto eu sempre gosto.



estou um pouco sonolenta... mas a ansiedade de vê-lo, de tocá-lo, de senti-lo não me deixa adormecer... e eu espero com um sutil sorriso...

e eu só fico pensando: "não demora, não demora, não demora..."
é saudade.

Um comentário:

  1. Agosto do desgosto só se a gente deixar ne!
    Viva Agosto como qquer outro mes!!

    Bjo e ótimo agosto!
    http://cadaquacomseupiqua.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Deus não apenas perdoa, ele esquece. Apaga a Lousa. Destrói as provas. Queima o filme. Formata o computador. Ele não se lembra dos meus erro...