segunda-feira, 4 de abril de 2011





''Por onde anda você, tão distanciado, tão silencioso? Em que nova galáxia posso te encontrar outra vez (...) Vez enquando baixa uma saudade, quase sempre..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deus não apenas perdoa, ele esquece. Apaga a Lousa. Destrói as provas. Queima o filme. Formata o computador. Ele não se lembra dos meus erro...