domingo, 6 de fevereiro de 2011

Claro que ela sabe que é amor.

Sempre no mesmo horário eu sento no banco,
abro o jornal e vejo ela passar.
Claro que ela sabe que é amor.
Todo dia é o mesmo jornal.
Tiago F. Moralles

4 comentários:

  1. Lisonjeado pela visita e comentários lá no meu blog Raquel. Obrigado.

    Hein, qual seu sobrenome?
    Eu mudei o layout do meu blog há um tempo e eu tinha o link do seu blog lá. Agora coloquei de novo, e gosto de colocar o novo da pessoa no link pra saber direitinho quem é... (Rs)

    ... qual seu sobrenome?

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Ou seja, ela repara no jornal....


    ... gostei do teu Blog, seguindo!


    Agradeço o comentário lá no Francorebel. Volte sempre que quiser, pois assim sempre estarei aqui também.

    Abraços!!

    http://francorebel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Ela sempre sabe, porque por trás dessa casca que insistimos em preservar existe uma transparência no gesto. Elas sempre sabem...

    ResponderExcluir
  4. Curti de montão seu blog!

    O amor, sempre ele...capaz de nos transformar em coisas, de fazermos coisas e sermos completamente bregas! rs...

    Boa semana, se cuida!

    ResponderExcluir

Deus não apenas perdoa, ele esquece. Apaga a Lousa. Destrói as provas. Queima o filme. Formata o computador. Ele não se lembra dos meus erro...