sábado, 5 de fevereiro de 2011

E ninguém...




A você, que em toda manhã regressa do oceano mais fundo e ninguém repara o seu esforço para subir à superfície.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dores que transformam

Bom, em setembro de 2016 foi último post, e tanta coisa aconteceu de lá pra cá e elas estarão presente nas entrelinhas dos meus próximos pos...