segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

" Amar dói tanto que você fica humilde e olha de verdade para o mundo, mas ao mesmo tempo fica gigante e sente a dor da humanidade inteira.


 Amar dói tanto que não dói mais, como toda dor que de tão insuportável produz anestesia própria..."




2 comentários:

  1. Amar é um dos prazeres mais angustiantes
    beijos
    http://divagando-n.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Amor que dói é aquele não correspondido, ou aquele que acabou de forma trágica. Para os dois casos eu tenho um remédio pra te indicar, é vapt-vupt, "ame primeiro a você e depois os outros", pronto tá curada da dor e pronta pra outra!

    Atualizei passa lá pra dar um pouquinho de risdas.

    ResponderExcluir

Dores que transformam

Bom, em setembro de 2016 foi último post, e tanta coisa aconteceu de lá pra cá e elas estarão presente nas entrelinhas dos meus próximos pos...