quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Para-todo-o-sempre-amém.

Acredito que o ser humano é capaz de amar várias vezes. Se não fosse assim quem perdeu uma grande paixão estaria condenado à solidão.
Não acredito em um único amor para-todo-o-sempre-amém.

Tem gente que coloca isso na cabeça e se apega, se humilha, se sujeita a qualquer coisa.








Ao invés de trancar em você aquele seu velho amor falido, abra novos espaços e inaugure um novinho em folha.


Fernanda Gaona

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dores que transformam

Bom, em setembro de 2016 foi último post, e tanta coisa aconteceu de lá pra cá e elas estarão presente nas entrelinhas dos meus próximos pos...